Vista Verde, Poema de Silas Correa Leite

 

Vista Verde

Vista uma árvore Se agasalhe com uma folha Calce uma semente, uma flor, um fruto ou cipó Vista verde Você já se imaginou Calçando uma folha belíssima Ou com uma bela roupa naturalmente vegetal Todo verde? O que é que você pensa que veste? Roupa de linho, de seda, de algodão Sapatos de couro, botões de ossos Jóias, bijuterias, instrumento de barro ou pedra-sabão Você se veste de natureza e do que a terra-mãe dá de montão A natureza nos dá ar, oxigênio E açúcar e sal, e trigo e milho E arroz, pão, ovos – o que comer Mas nos dá também o que vestir, portanto Você veste verde, sacou ou quer um desenho Com mapas, palavras cruzadas, histórias em quadrinhos E imagens de você feito um bicho-folha? O sangue verde da moto-serra na árvore da vida Também por tabela mata você, causa tristeza E você fica sem ar, sem agasalho e sem comida Já pensou que desmanche, que desnatureza? Você se veste de vida pura, de verde vegetal Como você é parte de toda a orquestra natural Você bebe água, respira oxigênio, come peixe ou repolho Você mesmo, bicho-gente, parte da natureza, bicho-folho A natureza equilibrada para todo mundo é tudo E somos partes integrantes dela Como você também o é, Bicho Folhudo
-0 –
Silas Correa Leite, E-mail: poesilas@terra.com.br http://www.itarare.com.br/silas.htm

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: