Michael “Neverland” Jackson – Poema (In Memoriam) – Silas Correa Leite

Sarau Para Todos

POEMA DECALAMADO POR ANTONIO ABUJAMRA, NO PROVOCAÇÕES,TV CULTURA

(Sampa 25.06.09)

“Você pode mudar o mundo/(Eu não
consigo sozinho)/Você pode tocar o
céu/(Vou precisar de ajuda)/Você é
o escolhido/(Vou precisar de um sinal)/
…E se todos chorassem hoje à noite?”

Cry (Michael Jackson/R. Kelly)

Michael Jackson era negro e queria ser branco
(com sua cota ancestral de dor negra)
O que o vitimizou – como um estigma
Michael Jackson era pobre e queria ser rico
(de posses infantis e desejos transversais)
O que o desconfigurou como um estorvo
Michael Jackson era homem e queria ser mulher
(de alguma maneira que pudesse)
O que o adulterou – Narciso cego, Édipo manco
Michael Jackson queria ser judeu
(mas era um Peter-Pan enjaulado em cantagonias)
O que o marcou como ser na identificação de.

Michael Jackson como um não-Ser num não-lugar
Cantava dançava compunha dirigia criava voava
Um quase preto homem-menina com desvios íntimos

Ver o post original 270 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: