SERVIDÃO – Letra de Rock/Poema de Silas Correa Leite

 

Letra de Rock

(Quem Se Habilita a Musicar?)

Servidão

 A servidão voluntária dos grupos Tribais, Sexuais, Sociais Cabeças vazias arrotando culpas Sintomas de subcretinos insensíveis quase Canibais Todos submissos, pífios, incultos Amorais, Animais, Consensuais Mentes vagando no nada absoluto Cotas de sem cérebro, hipócritas, janotas Boçais A servidão de condomínios insepultos Letais, Fecais, Presenciais Tribos, grupos, panelas, totens, posudos Chacais A solidão voluntária da falta de escrúpulos A solidão voluntária da falta de escrúpulos A solidão voluntária da falta de escrúpulos

-0-

Letra de Rock/Poema: Silas Correa Leite E-mail: poesilas@terra.com.br http://www.itarare.com.br/silas.htm

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: