Itararé das Revoluções, Poema

Itararevisaonova

Itararé das Revoluções

 Revoluções históricas do Brasil passaram por Itararé, cidade de divisa E quiseram destruir Itararé; nosso rincão amado, nossa terra-mãe Mas Itararé não pode nunca ser destruída. Sempre haverá Itararé Cada andorinha-Itarareense será essa nossa Itararé alada, esse pavilhão Por onde for Com sua bandeira na alma, o DNA no coração e seu esplendente amor Itararé, Trincheiras da Legalidade, nossa pitoresca aldeia bucólica Uma tribo espiritual de sementes escolhidas, boêmios, trovadores Canhões bombardearam Itararé – onde estão esses canhões agora? Itararé permanece como constelação, garra, muito viço em seu louvor Por onde for Casa Itarareense será a prova desta Itararé e de seu imenso valor Cantamos, fazemos música, somos festeiros. Santa Itararé das Artes Nossas lágrimas são nossos rios; nossas esperanças somam-se aos sonhos Nas searas construímos; nas batalhas somos os que não fogem a luta Por onde for Cada Itarareense com sua alma-nau de Itararé será dela um portador Longe de Itararé é um lugar que não existe: Itararé é nosso espírito De celebração a vida, à arte, e ressurgirmos porque brilhamos, e Itararé Está onde estivermos, e onde nos encontrarmos e falarmos deste amor Encantador Uma eterna Itararé estará em nós como um encantário de luz e fulgor!

Silas Correa Leite, Fanático Por Itararé

Poema da Série “Eram os Deuses Itarareenses?” E-mail: poesilas@terra.com.br Blogue: http://www.portas-lapsos.zip.net Autor de O HOMEM QUE VIROU CERVEJA, Crônicas Hilárias de Um Poeta Boêmio, Giz Editorial, SP, no prelo, Prêmio Valdeck Almeida de Jesus, Salvador, Bahia, 2009

O PROFESSOR E O ALUNO (Poema)

O Professor e o Aluno

Para o Mestre Peri Fiúza (In memoriam)

Assim como cada filho teu falará de ti
Depois que tu te fores
Algum aluno de algum modo te continuará por aí
Em afetos e dissabores.

Um aluno dirá de teu amor
De tua candura e sapiência
Não do giz, da lousa, do apagador
Mas do teu labor e da tua coerência.

Outro aluno espelhará a melhor lição
Na saudade que terá do precioso professor
Do jeito meigo ao dar pito ou de passar lição
Como um amigão, não como dono da verdade ou punidor.

Cada aluno por certo dirá da matéria
Do metodologia, do conteúdo
E da maneira generosa como aprendeu.

Lembrará fato alegre ou coisa séria
Demonstrando contudo
Que jamais te esqueceu.

Cada aluno contará de teu gesto, de teu olhar
De tua dialética
Da tua didática humanizando o ensinar.

Será reprodutor de bons exemplos em teu lugar
Numa apreendência ética
Um letramento interior, perene e singular.

Por isso quando fores reger aula, calma
Lembra-te disto professor:
Qual aluno que te levará na alma
Para sempre, para onde for?…
Este é o teu diploma verdadeiro e perfeito
Por teres sido o verdadeiro amigo eleito
O mestre de tantos alunos que, aceito
Foi levado numa pensagem dentro do peito.

Um ótimo professor a gente nunca esquece
Leva sempre como uma bela história
Para um infinito futuro sempre avante

É o produtor do saber que enriquece
E no ensino faz-se a honra e a glória
Mestre de uma grandeza edificante
…………………………………………….
Teus alunos levarão teu brilho
Como uma infinita semente
Na grandeza plural-comunitária da alma cidadã em floração

Algum ainda se fará teu filho
Sempre a dizer “Presente!”
POIS NESSA CHAMADA QUEM RESPONDE É O CORAÇÃO.

-0-

Silas Corrêa Leite – Estância Boêmia de Itararé
E-mail: poesilas@terra.com.br
Site pessoal: www.itarare.com.br/silas.htm

…………………………………………………………………..

Professora Rosangela Silva Correa Leite

silasabujanra 004

Tudo o que Você NÃO Queria Saber Sobre Sexo

Tudo o que Você Não Queria Saber Sobre Sexo
(Pensagens, Prosopopéias, Panurgismos e Bravatas)

Silas Correa Leite (*)

Viado é alguém que descasca uma laranja com o cabo do facão

Lésbica é alguém que quer descascar uma laranja com outra laranja

Suruba é quando todos as laranjas querem participar da mesma laranjada

Sexo virtual é quando a laranja quer se o liquidificador

Campo de nudismo é um laranjal dar laranjas já descascadas

Corno é um laranja que sem saber faz limonada sem açúcar

Masturbação é laranja querendo ser cenoura

Alma gêmea é a metade da laranja encontrando outra laranja para juntar os bagaços e fazer um sucuzinho

Hermafrodita é uma laranja sortida querendo ser sal de fruta

Racismo sexual é quando a laranja não quer fazer parte da feijoada

Frase predileta da laranja: Zeus ajuda quem cedo masturba

Dança da garrafa é quando a laranja quer ser fanta uva de dentro pra fora, ou de fora pra dentro, dependendo da ótica de quem; da laranja ou do refrigerante

Frutinha pra laranja é jabuticaba branca engomadinha

Metáfora pra laranja é quando erra o corpo e acerta na ferradura

Laranja sem sorte é útero seco

A casca é a camisinha da laranja

Assexuado é laranja que já deu goiaba

Siliconar é querer colocar zíper na laranja

Prótese peniana é canudinho banda larga de laranja murcha

Virgindade é laranja no pé que ainda não foi chupada

Corrupto neoliberal laranja é aquele que goza com a árvore do outro

Se laranja fosse Poema escrever seria canja

Travesti é picolé de laranja artificial

Transformista é laranja querendo ser Chuchu para agradar a gregos e bahianos

Bordel é feira onde as laranjas se oferecem para os hortiputegranjeiros

Pra laranja o buraco da fechadura é mais embaixo

Mal resolvido sexualmente é laranja querendo ser caroço de manga

Laranjas que não cobram o preço viram rapadura

Laranjas eróticas não fazem fotossíntese: fazem nus artísticos

Laranja e hambúrguer. É como querer 69 com uma mão nas costas

A cor da laranja não é uma cor: é fruta-cor

Calcinha cor de laranja: ou está dentro ou está fora

Atleta sexual é laranja fazendo pose de marrom-glacê em alto relevo

Deus criou Adão e Eva, mas a primeira metáfora para a laranja sexual foi a maçã

Do outro lado da laranja tem faca de dois legumes: tomates e cenoura

Opção sexual é quando a laranja pode ser tubaina ou crush

Camisa de vênus é o guarda-frentes da laranja em área de lazer

Laranja sem descendente é aquela que não tem herdeiros por não exercitar a zona de fricção

As melhores laranjas do mundo estão no Brasil. Por isso o maior índice de AIDS

Ainda não inventaram som para orgasmo de laranja

Todas as laranjas são iguais. Quem se serve delas é que difere pelos gomos

Ainda não inventaram cerveja de laranja: Aí seria unir o útero ao agradável

Nádegas são duas metades da mesma laranja: A diferença é o que se vai fazer com elas

Disfunção estéril é a laranja murcha e sem sabor de utilização

Histeria é quando a laranja quer invadir a zona do agrião

Útero seco é quando a laranja virou bagaço sem sequer ter dado sumo

Esterilidade é laranja que perdeu a fusão no relê dos ovos

Estupro é laranja que sofreu violência íntima de banana

Sexo oral é laranja querendo ser fatiada pra consumo

Liberação sexual é laranja de beira de estrada com bicho de pé

Pêlo púbico é laranja mostrando o local do supra sumo

Laranja com imaginação sexual fértil é aquela que acredita que é fruta-pão

Laranja mecânica é transar com deficiente físico com aparelho

Abaixo a laranja. Em cima o umbigo

Os seios se parecem com laranjas porque estão de fato no prumo do anticlímax

Cemitérios de laranjas: os sucos nunca esquentam

Sexo de laranja na terceira idade: palavras cruzadas

Hitler era um laranja que achava que era mandioca-vassourinha

FHC era um melancia disfarçado entre laranjas podres

Vinho de laranja é pecado capital: azeda fácil

Meio sexo é quando metade da laranja pensa que é sonho de valsa

Toda laranja quer ser sifão: estar entre o antes, o durante e o depois

Prostituta é laranja que roda mas faz

Sodoma e Gomorra foi um monte de laranja se dando uns aos outros pra valer

Fimose de laranja são cascas sobrando como pelancas em gomos frágeis

Algumas laranjas vaidosas pensam que são tutti-fruti

Laranjas são como mulheres decaídas: dão em qualquer lugar

Laranjas devem ter flores, perfumes, e ainda gerar sementes da espécie

Laranjas fundidas, jamais serão vencidas

Tudo é laranja: por isso algumas relações são azedas

Algumas mulheres pensam que são laranjas. Alguns homens pensam que são laranjas. No final, somos todos frutas

A laranja fica. A uva passa.

Flores de laranjeiras são metidas a sebo. Querem ser véus de noivas ou buquês

Tesão é quando as laranjas botam o carnegão pra fora e atraem perolas aos píncaros e píncaras sonhadores da glória

Laranjas ególatras não mentes: sementem

Laranjas não riem umas das outras. Têm culpa nos cartórios das citricidades em comum

Algumas árvores dão bons frutos: são da igreja universal do reino das laranjas

Laranjas estragadas não vão às escolas: vãos aos assentos privados

Se os laranjas se dessem as mãos no Brasil, não teriam tempo para assaltar fazendas públicas

Nunca houve uma guerra mundial de laranjas. As aparências enganam as aparências

Em nenhum lugar da Bíblia as laranjas são citadas. Só tâmaras, uvas, maçãs. O buraco da laranja é mais embaixo?

Uma laranja terapeuta dizendo para uma outra: -Não errei a vida toda para acertar. Mas errei a vida toda para me frutificar.

O maior defeito da laranja é parecer que é o que realmente é

Nu frontal é quando a laranja quer aparecer mais do que a floresta toda

Para acabar com a carência, nada melhor do que vitamina C, ferro, laranja e, calço!

Laranja na lua-de-mel é o que se chama de abundância

Laranjas quando vão à igreja, ficam por baixo no genuflexório

Autistas são laranjas que azedaram a polenta da vida

Amantes são laranjas querendo espremedores de frutas a prova de choques pan-sexuais

Laranjas galinhas são aqueles que querem sempre experiência nova e variar o cardápio

Laranjas em pic-nics; devem levar sempre camisinhas de vários tamanhos

Laranjas também ficam doentes: parasitas e fungos

Vaidades são laranjas querendo luxo-fusco

Pedofilia é laranja querendo ser limão em fruteira errada

Laranja suicida burra é aquela que quer se enforcar com uma faca

Laranja marxista é aquela que sonha em tirar o gás de pum da Coca Cola

Laranja em campo de nudismo: quer tirar a casca, não para ser usada, mas para mostrar os gomos

FHC, Laranja ególatra que pensa que é fruto do mar mas é fruto do mal

Maluf: laranja com conta no paraíso tropical além dos imbecis que o elegem

Trocadilho poético com laranja: Lar and Jazz

Laranjas inteligentes uni-vos: os abacaxis reinam

-0-

Textículo da Série; HUMOR É O MELHOR REMÉDIO – Primeiro Rascunho (Primeira Versão)

(*)Silas Corrêa Leite – Santa Itararé das Artes, São Paulo
E-mail: poesilas@terra.com.br
Blogue premiado do UOL: http://www.campodetrigocomcorvos.zip.net

Autor de “O HOMEM QUE VIROU CERVEJA”, Crônicas Hilárias de um Poeta Boêmio, Giz Editorial, no prelo, Prêmio Valdeck Almeida de Jesus, Salvador, Bahia, 2009


sexoum